Megaman – O Poderoso Androide Azul! [KubGames]

Oi Pessoal! Recentemente eu estou fazendo mais análises de jogos antigos. Sabe por que? Porque eu estou jogando só jogos antigos! Não estou achando muitos jogos atuais bons recentemente, então estou jogando apenas jogos antigos. Hoje falaremos do querido mascote da Capcom, o MegaMan!


Introdução

Capa japonesa: Bonitinha e chamativa

MegaMan foi lançado em 1987 e é conhecido no Japão como RockMan. Isso é porque o criador queria fazer referência a Rock and Roll, já que seria o Rockman e a Roll (aquela menina também criada pelo Dr.Light). MAS no Ocidente eles mudaram para MegaMan e concorda comigo: MegaMan é bem melhor que RockMan. Outra diferença do MegaMan americano e do japonês é a capa que CARAMBOLAS QUE TROÇO FEIO A CAPA AMERICANA! A capa japonesa já é mais bonitinha em estilo anime, e acho que a capa americana só piorou as vendas do jogo. Sério, ela foi considerada a capa mais feia de todos os tempos.

Capa americana: O horror em forma de capa

O jogo tem ótimos gráficos para o NES, e não é sem motivo que se tornou clássico. O que mais  fez a diferença em MegaMan foi sua mecânica de lutar com os bosses e absorver o seu poder, podendo usá-lo em outro boss para ganhar vantagem. Isso foi inovador, tanto que na internet você acha a sequência recomendada de cada jogo do MegaMan. Eu acho isso muito divertido, e mais divertido ainda é você descobrir com qual poder tem que matar tal chefe. A dificuldade é bem dividida mas peca em alguns momentos. Explicarei isso melhor futuramente. Se você for analisar, vai ver que sem essa inovação dos bosses MegaMan não tem nenhum diferencial marcante para torná-lo o sucesso que é hoje. Talvez isso fosse assim no começo, mas nos jogos seguintes as coisas mudaram. E muito.


 

História

Os Dois Ex-Parceiros da Ciência

Dr.Wright (Sim, o Dr.Light se chamava assim antes) tinha como parceiro Dr.Willy. Eles eram dois grandes cientistas e criaram seis robôs ultra tecnológicos: CutMan, ElecMan, IceMan, FireMan, BombMan e GutsMan. Esses eram os Robot Masters. Eles foram criados para fazer tarefas específicas, ajudando a humanidade no seu dia a dia. Dr.Willy, sendo ganancioso, pensou que com eles em seu poder, tudo ficaria melhor. Dr.Wright recusou na certa, e com ódio no coração, Willy, roubou os Robot Masters, os reprogramou para o ajudar na dominação do mundo e ainda pegou o projeto de Protoman, um super robô que seria como MegaMan. Dr.Wright ficou arrasado e criou dois robôs para ajudá-lo em tarefas diárias, Rock (que é MegaMan em sua “versão alpha”) e Roll. Rock notou que os Robot Masters estavam fazendo coisas ruins e perguntou a Wright o por que. Ele explicou a história, e Rock teve o desejo de acabar com isso, então pediu ao seu criador para transformá-lo em um robô de guerra. Assim nasceu MegaMan, o androide salvador de Monsterópolis e do mundo.

Existe uma versão diferente da história em que Wright ganhou toda a fama pela criação e Willy quis se vingar. Não sei exatamente qual a correta, então acho justo colocar as duas.


Gráficos

Uma das cenas finais do jogo

Os gráficos estão bons, mas com certeza não são os melhores do NES. Alguns cenários estão muito bons, mas outros estão bem vazios, além dos designs serem meio desproporcionais. Claro que eu não posso cobrar muito de um jogo que foi lançado em 87 para um console da terceira geração,  mas mesmo assim existem outros jogos que conseguiram fazer isso melhor, então eu não vou dar  mole. Por isso vou contar mais com um ponto neutro.


Jogabilidade e Mecânica

Megaman tentando derrotar o “guerreiro verde”

A jogabilidade aqui é simples. Você anda para os lados, pula, abaixa e atira, normal de um jogo. A diferença está que a cada vez que você derrota um boss, você adquire sua habilidade e pode utilizá-la nas fases seguintes. Essa mecânica inovadora foi o que deixou o jogo tão popular, já que é o primeiro game a dar a possibilidade de escolha de fases. Além disso a sua famosa “tela de seleção” virou um marco na história dos videogames. Mesmo a jogabilidade sendo meio simples, ela conseguiu ser muito boa para todos os jogadores.

 


Música

A trilha sonora é boa, mas é a mesma coisa dos gráficos. Muitos disseram que é irritante e ruim, mas eu particularmente gostei. Eu acho que ela tem um bom estilo para o NES, e consegue bater bem com o clima. Assumo que algumas vezes eu tirei o som para ouvir outra coisa enquanto jogava, mas mesmo assim ela combina com o clima do game. Como costume, vou deixar um exemplo aqui (da minha favorita que é a do CutMan :D)


Dificuldade

Nessa análise eu vou abrir um tópico especial para discutir um ponto aqui. No post do Kirby’s Adventure eu falei que ele fica muito fácil em alguns pontos. Nesse aqui é o contrário. A dificuldade consegue ser muita exagerada, sem ser aquela dificuldade inteligente e sim aquela “irritante”. Numa fase só uma parte é normal e a outra fica bem difícil. Eu concordo que não sou um jogador hardcore, mas não digo por mim: Muitos falam essa mesma coisa. Eu quero dar um destaque maior a fase do IceMan, porque MEU DEUS eu demorei demais pra passar daquilo. O pior de tudo é a fase final, em que você enfrenta o Doutor Willy. Ela começa num estilo de fase normal só que bem difícil. Depois disso você tem que enfrentar o temível Yellow Devil (que é literalmente um demônio amarelo), uma cópia de você mesmo, um robô chamado CWU-01P e o Dr.Willy em duas formas. Isso sim é só pros jogadores HARDCORE!


Personagens

Criador e sua criação

MegaMan: Um poderoso androide criado pelo Dr.Wright (Ou Light), usa uma armadura azul e um buster em sua mão, além de ter a habilidade de copiar os poderes dos chefes derrotados. Com cabelos castanhos e olhos azuis, é irmão de Roll e originalmente tinha funções domésticas. Corajoso e valente, faz de tudo para deter qualquer tipo de ameaça.

O vilão doido que é Dr.Willy

Dr.Thomas Wright/Light: Grande cientista, criou os robôs MegaMan, Roll, Protoman, os Robot Masters e mais tarde X, o mais forte já criado. Veste um jaleco branco, com gravata azul, calça vermelha e sapatos marrons. Tem um topete branco com uma grande barba. Era parceiro de Willy, até ele ir para o lado do mal. Seu nome é referência ao cientista e inventor Thomas Edison.

Roll, a irmã de MegaMan

Dr. Albert Willy: Um cientista maluco que tem muita ganância. Cabelo calvo e cinza, com
jaleco branco, gravata vermelha, calças azuis e sapatos marrons. É o principal antagonista da franquia, sendo considerado um dos vilões mais persistentes de todos os tempos. Era antigo parceiro de Dr.Wright/Light, mas sua ambição o levou ao lado negro. Seu nome é referência ao cientista Albert Einstein, sendo um cientista maluco.


Roll
: A irmã de MegaMan, não tem muita relevância no jogo. Cabelos loiros e vestido vermelho, ela é uma robô doméstica, ajudando Dr.Wright/Light enquanto MegaMan não volta de suas aventuras.

Robot Masters: São os seis robôs criador pelos cientistas Dr.Wright/Light e Dr.Willy. Inicialmente foram feitos para o bem, mas Willy os transformou em robôs terríveis sem piedade. CutMan – Habilidade de Tesoura| ElecMan – Habilidade de Eletricidade| IceMan – Habilidade de Gelo| FireMan – Habilidade de Fogo| BombMan – Habilidade de Bombas| GutsMan – Habilidade de Foça


Conclusão

MegaMan é com certeza um game marcante, cheio de desafios e muito tempo de jogo. A Capcom saiu em disparada graças a esse querido robô azul, se tornando o mascote da empresa e um dos maiores ícones dos jogos. Infelizmente hoje não recebemos mais jogos dele mas ainda acredito que de alguma forma ele pode continuar, sendo em uma sequência espiritual dele ou um jogo oficial. Sei tudo o que aconteceu com a falta de jogos, a saída do criador e o fracasso de Mighty Nº9, mas de algum forma eu ainda tenho esperança. É muito bom começar uma franquia pelo começo, e esse não é um tremendo mal começo. Tudo bem que tem algumas falhas que podem irritar durante um jogo, mas não deixa de ser um clássico.


Pontos Positivos:     

-Mecânica Interessante e Inovadora

-Personagens Carismáticos

-Trilha Sonora Até Que Razoável

-Gráficos Agradáveis

Pontos Negativos:

-Dificuldade Exagerada

-Alguns Cenários Vazios

-História Simples Demais (A história contada no post só foi completamente feita lá pra frente)

Jogo: Megaman (NES)

Gênero: Plataforma e Aventura

Plataforma: Nintendo Entertainment System

Desenvolvedora: Capcom

 

 

~~~~Post originalmente lançado em KubGames, por LuiKpédia, no dia 31 de Dezembro de 2016~~~~